sexta-feira, 20 de abril de 2012

EGO E AUTOESTIMA

- Acordo? Nunca! Seria rebaixar-se!
- Só aceitam as coisas do seu modo.
- Não admitem erros, nem perdão.
- Querem deter o poder sobre tudo e sobre todos.
- Ganhar sempre, custe o que custar.






O EGO e a AUTOESTIMA ocupam o mesmo espaço, desde nosso nascimento!
No início, o EGO é útil na construção da identidade em formação.
Logo, porém começa a crescer indevidamente e começa sua tirania. Domina a criança e a faz tornar-se “difícil” ao convívio: chorar, gritar, bater o pé e até rolar no chão aos berros para conseguir o que quer! É a força do EGO!
Isso ocorre quando os responsáveis não conseguem amar intensamente a criança e ao mesmo tempo impor os limites necessários ao seu crescimento emocional normal! Amar, elogiar, aplaudir e ao mesmo tempo demonstrar desagrado, quando necessário, são atitudes essenciais para fortalecer a frágil AUTOESTIMA infantil, em detrimento do EGO.
À medida que a AUTOESTIMA aumenta, o poder do EGO precisa diminuir.
Entretanto, nem sempre isso acontece. Algumas pessoas, chegam à vida adulta, sob o domínio do Ego e continuam autênticos ditadores! São os donos do mundo que nada respeitam, que se julgam superiores aos demais, que tudo querem e exigem só para si.
É o domínio do EGO cheio de Orgulho e Egoísmo!
Com tudo isso, a pessoa dominada pelo EGO não é feliz!
 







- Só com AUTOESTIMA forte as portas da Felicidade se abrem!
- Só a AUTOESTIMA libera o Amor, a Paz e a Justiça! 
- Só ela valoriza o Bom Humor e a Alegria de Viver!
- Com ela florescem o Amor ao Próximo e a Caridade!
- Enfim, com a AUTOESTIMA plena a pessoa se socializa!

Entretanto, quando não ocorreu naturalmente durante o crescimento, conseguir que a AUTOESTIMA assuma o poder não é fácil! Começar a perceber quando as atitudes de impaciência vêm de um ego inflado, pode ser o começo de uma vida emocional saudável! Vale a pena estar atento!
Assumir a realidade de que não há mais lugar para tiranias é abrir as portas do mundo!

ABAIXO A DITATURA DO EGO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário