quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Aprendendo com Chico Xavier

“Uma das mais belas lições que tenho aprendido com o sofrimento:
Não julgar, definitivamente, não julgar a quem quer que seja.



“A vida é construída nos sonhos e concretizada no amor. Ela não pede muita coisa, não exige grandes sacrifícios, só que nos amemos uns aos outros.”

Fora do amor e sem caridade não há salvação. A repercussão da prática do bem é inimaginável. Nenhuma atividade do bem é insignificante. Quem o pratica, coloca em movimento as forças da alma. A caridade é um exercício espiritual, dela resulta a nossa própria evolução.”

“Para ajudar, ninguém precisa sair do seu próprio lugar ou reivindicar condições diferentes daquelas que possui. As maiores árvores nascem de minúsculas sementes.”

"A vida pode auxiliar, mas é preciso que lhes ofereçamos uma base. Muitos ficam na expectativa do socorro, mas nada fazem no sentido da renovação; esperam que as coisas aconteçam e resolvam seus problemas. Mas não é assim, a vida ensina o caminho. mas temos que palmilhá-lo por nós mesmos.”

“O exemplo é uma força que repercute, de maneira imediata, longe ou perto de nós. Não podemos nos responsabilizar pelo que os outros fazem de suas vidas; cada qual é livre para fazer o que quer de si mesmo, mas não podemos negar que nossas atitudes inspiram atitudes, seja no bem seja no mal.”

"Nunca quis mudar a religião de ninguém. Não acredito que a religião A seja melhor que a religião B. Todas praticam os mesmos mandamentos e princípios. É só segui-los.”

"Devemos orar pelos políticos, pelos administradores da vida pública. A tentação do poder é muito grande. Eu não gostaria de estar no lugar de nenhum deles."

"A omissão de quem pode e não auxilia o povo, é comparável a um crime que se pratica contra a humanidade. Tenho visto muitos espíritos, dos que foram homens públicos, em lastimável situação na Vida Espiritual.” 

“Agradeço todas as dificuldades que enfrentei; não fosse por elas, eu não teria saído do lugar. As facilidades nos impedem de caminhar. Mesmo as críticas nos auxiliam muito.”

"O desespero é uma doença e um povo desesperado pode enlouquecer, pode perder o seu próprio discernimento. É lamentável, mas decorre das extremas necessidades e de ausência absoluta de formação religiosa e solidariedade humana.”

“Por maior que seja o avanço tecnológico da humanidade, é impossível viver sem solidariedade. Sem ela colocamos em risco a sobrevivência do próprio planeta.”

"Devemos fazer tudo para evitar uma guerra que seria um atraso na nossa marcha evolutiva. Quando surge uma guerra de grandes proporções, tudo se desmantela e tudo tem que ser recomeçado do início.”

Devemos aceitar a chegada da morte, assim como o dia aceita a chegada da noite, tendo confiança de que o sol vai raiar de novo. Tudo tem seu apogeu e seu declínio. É natural que seja assim; todavia, quando tudo parece convergir para o que supomos o nada, eis que a vida ressurge, triunfante e bela!
Novas folhas, novas flores, na indefinível bênção do recomeço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário