segunda-feira, 20 de maio de 2013

Brasil sem Miséria


Em 2003, o governo lançou no sul do Estado do Piauí, o Programa Fome Zero. Hoje podemos dizer que o pequeno município conquistou o objetivo, mas continua entre os mais pobres do país. Segundo o IBGE, quase 10% dos moradores deixaram a cidade em busca de emprego.

Seguindo critério internacional, as pessoas que vivem com renda mensal abaixo de R$ 70, consideradas de extrema pobreza, fazem jus a uma renda mensal que, entre nós, pode variar de R$ 70 até R$ 140 mensais.

Após a experiência positiva acima, dando continuidade ao programa, o governo anunciou recentemente a complementação do programa Bolsa Família para incluir outros 2,5 milhões de beneficiários, que permanecem em situação de extrema pobreza. Com essa ampliação do plano que chamou BRASIL SEM MISÉRIA, ele espera tirar um total de 22 milhões de pessoas dessa classificação. Os recursos para a medida somam R$ 733 milhões, cerca de 54% do orçamento federal.

Esses 2,5 milhões de pessoas já estão cadastradas em outros programas sociais, mas, ainda assim, não atingem a meta de renda mínima proposta pelo governo.

Infelizmente ainda existem muitos brasileiros vivendo nessas condições e completamente isolados. É necessário encontrá-los e incluí-los para que recebam os benefícios. O governo está investindo na busca por essas pessoas para que sejam contempladas em programas sociais existentes, como o Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e Luz para Todos.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, ainda há cerca de 700 mil famílias, não cadastradas em programas sociais e que precisariam ser incluídas. Para isso, torna-se necessária uma busca efetiva. Não podemos esperar que esses humildes brasileiros batam à nossa porta para que nós os encontremos.

Há de se ressaltar que a inscrição nos benefícios sociais citados, são principalmente conferidas à mulher, a grande parceira nacional na erradicação da miséria!
Com o tempo, o programa BRASIL SEM MISÉRIA precisará ser ampliado e incluir escolas, hospitais e emprego para todos!

Um comentário:

  1. É fantástico e gratificante participar do seu Blog, Chermont!!! Bjks

    ResponderExcluir