segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Reeducação Alimentar - um processo contínuo

Pesquisas comprovam que as pessoas que conseguem manter o peso, depois de emagrecer, adotam algumas estratégias Elas controlam o consumo de alimentos, evitam alimentos muito gordurosos e caminham cerca de 1 hora por dia. Para essas pessoas, ser magro faz a vida ficar melhor.Construíram hábitos e rotinas saudáveis. Segundo elas, manter a nova rotina demanda pouco esforço.. Em inúmeros casos, problemas de saúde, como pressão alta, pré diabetes ou colesterol alto, serviram de estímulo para a mudança. Reinventam a maneira de se olhar e valorizar a saúde atual. O esforço pode ser grande, mas o resultado tem um valor imensamente maior!
Pessoas que mantêm o peso relatam que:
• Contam as calorias, os carboidratos, as gramas de gordura ou usam um programa de perda de peso comercial para monitorar a ingestão de alimentos;
• Tomam café da manhã regularmente, rico em fibras e laticínios light;
• Limitam os jantares fora de casa para no máximo duas vezes por semana;
• Limitam o consumo de fast food a menos de uma vez por mês;
• Consomem diariamente frutas e hortaliças;
• Assistem no máximo 1 hora de TV por dia
. Fazem exercício diariamente
• Pesam-se ao menos uma vez por semana.

Quando for jantar fora:
• Para a entrada, prefira pastas à base de ricota e palitos de legumes (cenoura e salsão);
• Saiba que a salada de folhas também é boa opção para iniciar a refeição;
• Escolha pratos pouco gordurosos como grelhados, cozidos e assados;
• N o lugar de molho branco, prefira o de ervas ou de tomate;
• Proponha dividir o prato com seu acompanhante;
• Privilegie a ida a restaurantes étnicos como: japonês, chinês, mexicano e mesmo italiano, que oferecem pratos saudáveis e de poucas calorias.

Para manter sua cozinha abastecida:
Leia os rótulos dos produtos e preste atenção no tamanho da porção e na quantidade sugerida. Compare produtos similares e escolha os menos calóricos.

Lista de compras sugerida:

• Lácteos (iogurtes, leite e queijos) baixos em gorduras
• Margarina light
• Pão integral, biscoito ou torrada light
• Aveia em flocos ou farelo
• Massas e arroz integrais
• Carnes magras como frango sem pele, peixes e frutos do mar, lombo e carne de boi extra magra
• Feijão e lentilha
• Frutas congeladas
• Legumes congelados
• Molhos para salada light
• Mostarda
• Ketchup
• Geleia sem açúcar
• Ervas e especiarias

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

WHITE BLOCS

Existem dois tipos de marginais e corruptos prejudicando a evolução e progresso do País. Encontram-se disseminados por todas instituições e classes sociais, públicas e privadas.




Os atuais BLACK BLOCS são vândalos mascarados que se infiltram nas reivindicações populares de rua e cometem violências e destruições. Subvertem o espírito do movimento que se pretende pacífico e depredam bens públicos e privados.
Já os WHITE BLOCS, sempre existiram, não usam máscaras e nenhum outro disfarce. Confundem-se com a população em geral, embora se destaquem pelo uso de terno, gravata e colarinho branco. São especializados em mentir, furtar, roubar, sonegar, enganar, cobrar e receber propinas, superfaturar preços etc. Estão infiltrados no governo e em todas as instituições privadas. Sua ação criminosa ameaça a própria Democracia.
Muito embora os WHITE BLOCS não tenham ideologia política nem religiosa, pertencem sempre a algum partido sem exceção. Desfrutam, através dos tempos, uma impunidade vergonhosa, de tal modo que, só atualmente alguns foram acusados e estão sendo julgados. Felizmente os WHITE BLOCS não são maioria, no Pais.
O Brasil pacífico, trabalhador e honesto odeia ambos. Não é preciso pesquisas para saber o quanto estamos contra quebra-quebras e escândalos bilionários que nos envergonham. Se punimos os BLACK BLOCS radicais, porque não fazer o mesmo com os WHITE BLOCS. Muitos deles gozam de imunidades legais que os tornam intocáveis. Para não perdê-las se eternizam no Poder. Os WHITE BLOCS se tornaram inaceitáveis a partir do inicio da República, onde prevalece a igualdade de Direitos.
No entanto, cumpre recordar, que no tempo da Nobreza, os nobres não eram punidos. Depois tal costume prosseguiu para os RICOS e para a Elite Política e Religiosa. Mas hoje vivemos em uma DEMOCRACIA, ONDE TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI  E TAIS PRIVILÉGIOS NÃO PODEM CONTINUAR.
Muito se tem escrito, através da historia sobre eles. No Brasil, inclusive, Rui Barbosa:
“De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto”.

CHEGA DE IMPUNIDADE,
 PRISÃO PARA TODOS QUE NÃO CUMPREM A LEI!