segunda-feira, 21 de abril de 2014

Alma Jovem

Vamos todos envelhecer um dia. Querendo ou não, iremos todos envelhecer. Uns mais cedo, outros mais tarde. As pernas irão vacilar, a coluna doer, o colesterol aumentar.  A imagem no espelho irá se alterar gradativamente. Perderemos estatura, músculos e os cabelos ficarão brancos.

A boa n
otícia é que a alma não envelhece, poderá permanecer sempre a mesma, com o humor dos dez, o viço dos vinte e o erotismo dos trinta anos. A alma não envelhece. Depende de cada um de nós, deixar ou não.
O segredo é não reformar só por fora. É, acima de tudo, renovar o interior: tirar o pó, dar brilho, trocar o estofado, abrir as janelas, arejar o ambiente. A vida pode continuar bela por mais uns 30 anos, no mínimo, em outras bases, é claro.
O tempo, inexoravelmente, irá corroer o exterior. Não adianta resistir. E, quando ocorrer, precisamos estar fortes para aceitar. Precisamos ter uma alma atualizada, uma alma jovem.
Jovem é a alma que faz as pazes com a sua história. Que usa a espontaneidade para continuar sensual, que se despe de preconceitos, de intolerâncias, que se diverte, perdoa, ri de si mesma.
Jovem é a alma que aceita a passagem do tempo e conserva o bom humor apesar das rugas, dos vincos em torno dos olhos e do código de barras acima dos lábios.
Jovem é a alma que não se culpa, ama a vida sem pudores, que não esconde seus defeitos e aceita a realidade. Exibe sua beleza interior, com segurança e com um sorriso nos lábios.
Lembre-se, a longevidade veio para ficar e bisturi algum vai dar conta das fragilidades do corpo. Entretanto, se a alma continuar jovem, seremos felizes e teremos orgulho de nossa longevidade!

quinta-feira, 10 de abril de 2014

O segredo da Felicidade

O ser humano possui uma capacidade natural de se ajudar, uns aos outros, principalmente aqueles que estão mais próximos. Não parece, mas isso garante nossa sobrevivência. Nas pessoas gratas e generosas, existe uma relação direta entre o bem-estar, a felicidade e a saúde.


Segundo especialistas, a emoção mais necessária à saúde, não é o amor, mas sim a generosidade e a gratidão. Ser generoso e grato faz bem à saúde, porque aumenta a imunidade. Isso nos torna menos suscetíveis à doenças e mais resistentes.
Um estudo, com pessoas de diferentes classes sociais, constatou que aqueles que ajudam os outros regularmente, tem mais saúde mental, menos depressão, menos probabilidade de sofrer de doenças crônicas. Seu sistema imunológico é melhor.
Pessoas gratas são pessoas felizes. Enquanto que, pessoas ingratas são tristes, miseráveis e egoístas. Nunca estão satisfeitas; sempre colocam defeito em tudo e nada é bom o bastante. Sofrem de depressão por egoísmo. Desconhecem a terapia da solidariedade.
A generosidade ajuda a regular as emoções, o que causa impacto positivo sobre o corpo e sobre a mente. É difícil ficar zangado, ressentido ou amedrontado, quando se demonstra amor altruísta pelos outros. A prática da generosidade cria uma onda de bem estar à nossa volta.
A generosidade tem muitas semelhanças com a felicidade. Tem que ser espontânea, tem que vir de dentro, ser uma opção individual. É uma atitude que, se adotada, fará a diferença na vida dos outros e, principalmente, na nossa própria vida.
A boa notícia é que é fácil aprender a ser generoso. Basta praticar de forma regular mais atos de generosidade do que estamos acostumados. Quer saber como?
Por exemplo, quando temos alguma coisa da qual não precisamos mais: que tal doar esse utensílio para alguém que esteja precisando? Ou dar de presente para quem fará um bom uso, independente de precisar ou não? Um carinho! Tente...
Normalmente damos aos outros, roupas velhas e que não nos servem mais. Você já pensou em tirar também do seu guarda-roupas uma peça bem bonita e DAR àquela pessoa que não pode comprar uma igual? Veja a expressão de felicidade no rosto dessa pessoa, e sinta o quão é gostoso poder fazer alguém feliz. Isso é generosidade.
Experimente, sinta o bem que vem te ajudar, sem nada receber, sem nada esperar em troca!  Solidariedade e gratidão são emoções que nos levam à felicidade e à saúde
A nossa felicidade depende da felicidade que proporcionamos aos outros.