segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Greenpeace


GREENPEACE é a maior organização não governamental que se propõe a proteger o meio ambiente.
Tem aproximadamente 4.5 milhões de membros em todo mundo, distribuídos em 158 países, 300.000 destes em United Kingdon.
Fundada em 1971 em Vancouver no Canadá, sua sede fica em Amsterdam nos Países Baixos, desde então ela tem aberto escritórios ao redor do mundo.
Além de seu trabalho de campanhas ela também tem um fundo de caridade que financia pesquisas cientificas e desenvolve projetos educativos sobre questões ambientais.
Greenpeace acredita na ação direta não violenta. Ativistas chamam a atenção pública para as graves ameaças ao meio ambiente.
Questões atuais nas quais a organização está fazendo campanhas incluem a atmosfera (aquecimento global), a destruição das florestas tropicais e os resíduos tóxicos emitidos pelas fábricas.
O Greenpeace também está presente nas principais redes sociais. Torne-se um seguidor, acompanhe as novidades e compartilhe as campanhas com seus amigos. Faça todo mundo saber que você se importa com o ambiente: www.facebook.com/GreenpeaceBrasil
Duas campanhas em andamento: DESMATAMENTO ZERO E SALVE O ÁRTICO.
O rei Salomão no século 11 AC disse: “Uma geração vai e outra geração vem, mas a Terra permanece por tempo indefinido”. Assim foi por milênios.
Mas atualmente, a partir dos últimos 70 anos, a população da Terra triplicou e tem havido uma grande mudança ambiental. Tudo isso tem um custo e os ciclos naturais da Terra tem sido prejudicados, causando danos cada vez maiores.
Está na hora de salvar o nosso Planeta!

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Ameaçados de Extinção

Atualmente mais de 19.000 espécies (ou tipos) de plantas e 5.000 de animais estão em perigo de desaparecer para sempre da face da terra.
Quando uma espécie está desaparecendo é chamada de espécie ameaçada de extinção
Quando o último elemento de uma espécie morre, dizemos que a espécie está extinta. Uma vez extinto, uma planta ou um animal, jamais aparecerá novamente na terra.
Há duas importantes razões pelas quais essas espécies tornam-se ameaçadas de extinção e extintas.
A principal é que seus habitats estão sendo destruídos e elas não têm onde morar.
No século XX o homem devastou muitas matas para construir estradas, casas e fábricas. Devastou florestas para construir barragens para a energia elétrica. Consequentemente, os habitats foram devastados.
Outra razão para o aumento no número de espécies ameaçadas de extinção foi a poluição causada pelas fábricas, derramamento de óleo, uso excessivo de produtos químicos e a emissão de gazes por milhões e carros.
O número de espécies de plantas e de animais que vem se tornando ameaçados de extinção, vem crescendo rapidamente a cada ano.
No período de 1700 a 1900, somente uma espécie desaparecia por ano. Mas, a partir de 1970, cerca de 200 espécies começaram a ser ameaçadas de extinção por ano.
A partir do ano 2000 pelo menos 50.000 espécies, por ano, tem desaparecido, no mundo todo.
Um dos maiores desafios que estamos enfrentando no século 21 é encontrar um caminho para salvar o mais possível dessas espécies.
Na última década, o Brasil foi o país que mais reduziu o desmatamento, mas outros problemas graves esperam solução.
A taxa de desmatamento na Amazônia é a mesma usada internacionalmente para analisar o sucesso da política ambiental. Nos últimos anos ela caiu 70%, é a maior queda registrada no mundo!