segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Alimentação através dos tempos

A história da humanidade nos mostra que a população sempre encontrou sua alimentação no próprio ambiente onde estava. Ela comia tudo que encontrava e, em seguida, se mudava. Eram nômades.
Cerca de 10.000 anos atrás, o homem começou a aprender a cultivar a terra, a controlar mais o meio ambiente, tornando-se mais sedentário.
Mas, até hoje a comida que comemos depende da parte do mundo em que vivemos ou da parte do país onde vivemos. Por exemplo, no sul da China eles comem arroz, mas no norte eles comem macarrão. No Japão as pessoas comem muito peixe e outros frutos do mar. No centro dos Estados Unidos, longe do mar, as pessoas não comem muito peixe, comem mais carne vermelha e frango. Na Europa Central, usam centenas de tipos diferentes de salsichas.
Na América, na Austrália e na Europa há dois ou mais pratos em cada refeição e comem com garfo e faca. Na China, toda a comida junta é colocada na mesa, e eles comem com pauzinhos. Em partes da Índia e no Oriente Médio as pessoas usam mais seus dedos e pão para pegar a comida.
No começo do intercambio: a banana vinha da América ou da África; o arroz vinha da Ásia e o morango vinha do Chile ou México. 
Hoje em dia, tudo mudou, é possível cultivar e transportar comida facilmente de qualquer parte do mundo. Podemos comer o que gostamos e, quando queremos, em qualquer lugar.
A comida é um negócio muito bom. Houve grande evolução na Agricultura e na Indústria. Os alimentos são produzidos em quase todo lugar e comercializados para todo mundo.
Mas há países que não se desenvolveram, nos quais o povo ainda tem as antigas dificuldades e passa fome.
Já a população dos países mais ricos tem outras facilidades, embora muitos deles possuam regiões onde a população ainda encontra muitas dificuldades para se alimentar. Isso ocorre em todos os Continentes e em todos os países do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário