segunda-feira, 29 de junho de 2015

Frida Kahlo


Frida Kahlo nasceu em Coyoacán, México, em 1907.
Quando ela tinha 6 anos de idade, ela contraiu poliomielite e passou nove meses confinada ao seu quarto. Como resultado, sua perna direita ficou muito magra e a fez andar de uma maneira estranha.
Quando ela tinha 18 anos, ela ficou gravemente ferida em um acidente entre um bonde e um ônibus; um corrimão de metal perfurou seu corpo. Ao longo dos anos, ela sofreu 32 grandes operações e enorme dor pelo resto de sua vida.
Ela se casou com o famoso pintor muralista Diego Rivera, quando ela tinha 20 anos. Ele tinha 42 e já tinha sido casado duas vezes. Eles tiveram uma relação tempestuosa. Seu marido foi muitas vezes infiel e Frida também teve casos extraconjugais, inclusive um com Leon Trotsky.
Em 1939, Frida e Diego tiveram um processo de divórcio, mas o casal se casou novamente em dezembro de 1940.
Em 1946, ela fez uma cirurgia em sua espinha, e em 1953 sua perna direita foi amputada abaixo do joelho.
Frida nunca foi capaz de ter filhos.
Ela disse:
"Minha pintura carrega dentro de si a mensagem da dor!"
"Pinto a mim mesma, porque sou sozinha e porque sou o assunto que conheço melhor."
"E a sensação de dor nunca me deixou, e meu corpo carrega em si todas as chagas do mundo."
"Pés, para que os quero se tenho asas para voar."

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Show da vida


de JAIR LISBOA

O amanhecer ergue mais um palco,
o sol abre as cortinas para você brilhar.
A plateia está repleta de flores,
os melhores sentimentos lhe aguardam com ansiedade,
o primeiro degrau é o primeiro passo para o sucesso.

Na realidade a vida não é um teatro,
mas é preciso viver cada peça nessa caminhada.
Se produza em cada trilha,
seja nas lágrimas ou em um sorriso,
você é o autor principal de sua vida.

Tá na hora do show,
portanto atue os seus sonhos,
cante diante de um belo luar,
dance com a esperança e
mostre toda magia dentro de ti.

Para amar não precisa de ensaios,
a vida é uma eterna arte.
Viva os pequenos detalhes e
simplesmente faça o melhor show da sua vida. 

JAIR LISBOA
escritor e poeta natural de Salvador-Bahia
Recanto das Letras - Jair Lisboa

segunda-feira, 1 de junho de 2015

A Ganância


GANÂNCIA é um sentimento humano que se caracteriza pela vontade exagerada de ter riquezas materiais e dinheiro, muito dinheiro.
É um desejo excessivo de ter posses, de possuir para si próprio tudo o que deseja a qualquer custo, sem considerar os meios de obter o que se quer, mesmo que seja prejudicando os outros.
Além disto, a ganância geralmente vem acompanhada da sede de poder e de uma ambição desmedida! As pessoas que a sentem são egoístas, e agem de acordo com estes sentimentos. Perdem totalmente o respeito por si e, principalmente, pelos outros. Fazem qualquer coisa a qualquer custo para saciar seus desejos.
Este é o momento em que ela cai nas garras da corrupção e seus desejos falam ainda mais alto. É quando a pessoa perde todo senso do que é honesto, ético, perde toda a sua dignidade e age como um criminoso.
O que estas pessoas escolheram ser? O que há dentro delas? Deixam de ser humanas, perdem a alma! São dominadas por uma sombra profunda, um monstro medonho, com garras e dentes afiados! E, então, são capazes de gerar até a miséria social, econômica e política de um país.
A ganância insaciável é um dos mais tristes fenômenos que conseguem causar a destruição da vida, de qualquer ser humano, sem exceção. Perdem a lucidez, ficam desumanos, roubam, mentem, matam com a maior naturalidade.
Feliz é o homem que sabe desenvolver seu potencial humano e ético. Só assim pode levar uma vida digna e honesta, para si mesmo e para os outros.
Bem aventurados aqueles que sabem valorizar o que têm. Conhecem a própria riqueza espiritual, e a dos outros, afastando-se da ganância, do sofrimento e do crime.
(Desconheço o autor)

Mahatma Gandhi
já dizia

“Cada dia a natureza produz o suficiente para satisfazer nossa carência. Se cada um se satisfizesse apenas o que lhe fosse necessário, não haveria pobreza no mundo e ninguém morreria de fome.”