quinta-feira, 30 de julho de 2015

A nova doença de nosso tempo

Uma doença, conhecida como CONSUMISMO, está aumentando dia a dia, atingindo, sem distinção, homens, mulheres, jovens, adultos e até idosos.
Ir às compras para se animar sempre que se sente deprimido pode ser o início. Em geral, ela começa com a compra de pequenos itens pessoais, peças íntimas, mas logo evolui para todo tipo de compras, chegando até às compras desnecessárias e fora de seu poder aquisitivo.
Depois de comprar de uma só vez dez pares de sapatos, uma jovem descobriu que o costume de excesso de compras lhe desenvolveu uma obsessão, que a deixou totalmente endividada.
O consumismo vem se generalizando com o aumento das ofertas, o uso indiscriminado dos cartões e às facilidades para sua obtenção nas modalidades de cartões de crédito e cartões de loja.
Para muitos, os cartões são os maiores responsáveis. Retirara-los pode ajudar, mas, para os consumistas graves, a necessidade de comprar vai continuar. O consumismo não é facilmente curável.
Ele pode converter-se em um grave vício, cuja cura só será conseguida com tratamento especializado, da mesma forma como são tratados os viciados em drogas e os alcoólatras.
Precisamos ficar atentos contra esse perigo silencioso que facilmente pode nos envolver

COMO EVITA-LO? - DEPENDERÁ DE NOSSO AUTOCONTROLE!

8 comentários:

  1. Concordo, Chermont. Mas para tudo tem um tempo....:) Atualmente precisamos ser consciente para TUDO!!! e viver a vida com mais consciencia. Bjks

    ResponderExcluir
  2. infelizmente somos bombardeados dia e noite pelo mkt despurado das empresas, com apelações de todos os tipos, não estamos preparados para nos defender dessa ''lavagem cerebral""

    ResponderExcluir
  3. Olá, querida, já fui consumista, mas graças a Deus, e à terapia, me livrei dessa compulsão e hoje tento simplificar ao máximo a minha vida. E me sinto mais feliz assim!

    ResponderExcluir
  4. Com certeza minha diva o autocontrole é fundamental

    ResponderExcluir