segunda-feira, 20 de março de 2017

Folclore Brasileiro


As lendas brasileiras são muitas e têm influências de religiões, superstições locais, histórias, rituais e muito mais. O folclore brasileiro é mágico e às vezes assustador. Algumas dessas lendas e criaturas místicas foram transmitidas por gerações.
Caipora
O caipora é um gigante que vive na floresta e seu corpo é coberto com pelos escuros. Dizem que costuma vagar pela floresta úmida.
Mula sem cabeça
A mula sem cabeça tem, em lugar de sua cabeça, um fogo que queima brilhantemente. A iluminação proveniente do fogo torna conveniente para a mula percorrer os jardins à noite. Os moradores locais dizem que ela se transforma em uma senhora encantadora, mas violenta.
Saci-Pererê
Segundo a lenda, o Saci-Pererê é um menino de uma perna só, nativo do sul e centro do Brasil. Ele adora fumar cachimbo e usa um boné mágico de cor vermelha.
Em algumas regiões brasileiras, o Saci está conectado ao mau, porque se comporta e pratica maus hábitos.
Boitatá
Esta serpente tem os chifres de um touro e olhos enormes de fogo, e perambula pelos campos abertos após o anoitecer.  Acredita-se que olhar em seus olhos pode cegar as pessoas.
Cuca
A Cuca é usada para assustar crianças pequenas que não querem ir para a cama na hora certa. Ela é uma velha que pode fazer coisas más para elas.
Iemanjá
No Brasil Iemanjá é considerada a rainha das águas e dos mares, de acordo com a tradição afro-brasileira. Sua imagem é representada como uma linda mulher de cabelos longos e seios grandes, simbolizando a maternidade e a fecundidade. 


Boto Cor-de-Rosa
O boto cor-de-rosa é considerado amigo dos pescadores da região amazônica. De acordo com a lenda, ele ajuda os pescadores durante a pesca, além de conduzir em segurança as canoas durante tempestades. O boto também ajuda a salvar pessoas que estão se afogando, tirando-as do rio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário