segunda-feira, 24 de abril de 2017

O coco e sua origem


O coco, ou coco-da-baía é o fruto do coqueiro. A casca é espessa e composta principalmente por fibras, o interior do fruto possui uma amêndoa branca usada na alimentação.
O valor nutritivo do coco varia de acordo com seu estado de maturação, de forma geral é rico em sais minerais, como o potássio, sódio, fósforo e fibras. Devido ao seu conteúdo em sais de potássio e sódio, é um alimento adequado contra aterosclerose, para o sistema nervoso, cérebro e pulmões, além de ser um bom alimento para os diabéticos. A água-de-coco, rica em potássio, é muito indicada em casos de diarreia, vômitos ou desidratação.
O fruto é originário da Ásia, chegou ao Brasil em 1553. Passou a fazer parte da culinária brasileira com a chegada dos escravos, que já o conheciam na África. O coco é utilizado para realçar o sabor dos alimentos, no preparo de bebidas, pratos doces e salgados.
Quando refrigerado, o coco pode ser conservado de quinze dias a um mês. O período de safra vai de janeiro a julho.
O Brasil é o único lugar do mundo onde o coco é utilizado como fruta, empregado na produção de balas, doces e sorvetes, além de ser bastante empregado na culinária nordestina, enquanto que nos demais Países produtores, o coco é utilizado para extração do óleo. No Brasil, os produtos mais nobres do coco são o coco-ralado e o leite-de-coco, e mais recentemente a água vem ocupando lugar de destaque dentre os produtos derivados do coco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário