segunda-feira, 22 de maio de 2017

Pérolas


A pérola é um objeto duro produzido dentro do tecido mole (especificamente o manto) de um molusco de concha vivo ou de outro animal.
A pérola ideal é perfeitamente redonda e lisa, mas muitas outras formas, conhecidas como pérolas barrocas, podem ocorrer. As pérolas naturais de melhor qualidade têm sido altamente valorizadas como pedras preciosas e objetos de beleza por muitos séculos. Devido a isso, a pérola tornou-se uma metáfora para algo raro, fino, admirável e valioso.
As pérolas mais valiosas ocorrem espontaneamente na natureza, mas são extremamente raras. Estas pérolas selvagens são conhecidas como pérolas naturais. As pérolas cultivadas compõem a maioria daquelas vendidas atualmente. Uma pérola cultivada é uma pérola criada por um fazendeiro de ostra sob condições controladas. As pérolas cultivadas podem ser produzidas utilizando dois grupos muito diferentes de moluscos bivalves: os mexilhões de água doce do rio, e as ostras de pérola de água salgada.
Todos os moluscos com conchas podem, por processos naturais, produzir algum tipo de "pérola" quando um objeto microscópico irritante fica preso dentro de suas dobras do manto, mas a grande maioria dessas "pérolas" não são valorizadas como pedras preciosas. As pérolas nacaradas, as mais conhecidas e mais comercialmente significativas, são produzidas principalmente por dois grupos de moluscos bivalves ou mariscos. Uma pérola nacarada é feita de camadas de nácar, pelo mesmo processo vivo que é usado na secreção da madrepérola que permeia a concha.
A produção significativa é limitada a alguns países, como Japão, China, Austrália, Emirados Árabes Unidos, Indonésia e Filipinas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário