segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Cacau, manjar dos deuses!


O Cacau é o fruto da árvore Cacaueiro. É desse fruto que se origina o chocolate através de alguns processos. 
Não se sabe ao certo quais foram os primeiros povos a cultivar esse fruto. Segundo consta, os Astecas, no México, e os Maias, na América Central foram os primeiros povos a cultivar o cacau. Mas, fala-se também, que antes mesmos dos primeiros colonizadores espanhóis chegarem à América, o cacau já era cultivado pelos índios. 
O cacaueiro, chamado cacahualt, era considerado sagrado e suas sementes eram tão valiosas que chegaram a ser usadas como moeda.
Como bebida, era servido em cerimônias e rituais, em requintados banquetes. O cacau chegou à Europa pelas mãos de Cristóvão Colombo, que o teria levado por simples curiosidade e logo se transformou em uma coqueluche por lá.
Em 1758, o botânico sueco Carlos Linneo chamou a planta de “Theobroma Cacao” que significa “Manjar dos Deuses”.
No Brasil, o cacau veio para Bahia e seu plantio foi permitido oficialmente em nossas terras em 1679 através da Carta Régia que autorizava colonizadores a plantar o fruto. Na Bahia, o cacau chegou primeiro no município de Canavieiras e depois levado à Ilhéus em 1752.
O cacau se adaptou ao clima e solo do sul da Bahia, e a região alcançou a produção de até 95% do cacau brasileiro, ficando o Espírito Santo com 3,5% e a Amazônia com 1,5%.
O Brasil é hoje o 5° produtor de cacau do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário