sexta-feira, 16 de março de 2018

Edifício Copan



A cidade de São Paulo conta com um edifício extremamente curioso. Trata-se do edifício Copan, localizado no centro. A construção é um símbolo da arquitetura moderna nacional, já que foi concebida pelo líder do movimento Oscar Niemeyer, no ano de 1954.
O prédio foi encomendado pela Companhia Pan-Americana de Hotéis e Turismo e, a ideia principal, era fazer do Copan  um grande centro urbanístico. O projeto original tinha 2 prédios sendo que um deles deveria conter 30 andares residenciais e um segundo  edifício que abrigaria um hotel com 600 quartos. Os dois, seriam interligados por uma marquise no térreo e ali deveria ter garagens, cinema, teatro, entre outros.
Mas, curiosamente, apenas a parte residencial do projeto foi construída. O empreendimento também fazia parte das comemorações dos 400 anos de São Paulo e o foco era explorar a parte turística da capital.
As obras começariam só em 1957, depois de muitas alterações em seus planos originais. Ele só seria inaugurado no dia 25 de maio de 1966. Como curiosidade, vale destacar que o prédio tem a maior estrutura de concreto armado e maciço do país: 115 metros de altura, divididos em 32 andares e aproximadamente 120 mil m² de construção.
A verticalização, como ficou conhecido o projeto de construção dos prédios, somente alavancou em meados dos anos 50. Nessa época, a economia paulistana crescia em um ritmo bem acelerado, fazendo com que a capital ganhasse o status de metrópole. 

Para fazer jus a isso, a cidade precisava de monumentos para representar o seu tamanho. E o Copan, vem justamente nesse patamar, já que possuía forma arrojada, uma estrutura diferente dos demais prédios da cidade.


Seu formato em forma de “S” está sempre a vista das pessoas que passam pelas principais vias da cidade de São Paulo. Ele está localizado na Avenida Ipiranga, 200 e é considerado um dos símbolos da nossa cidade.

segunda-feira, 12 de março de 2018

Edifício Itália


Edifício Itália é considerado o segundo mais alto tanto da cidade de São Paulo e do Brasil, possui 165 metros (150 deles a partir do chão). Conta com 19 elevadores, 46 andares e tem capacidade para dez mil pessoas, sendo que o movimento total de visitantes ao longo do dia pode chegar a 25 mil.
O edifício foi inaugurado em 1965, sendo idealizado pelo Circolo Italiano, associação da colônia italiana na cidade de São Paulo, sediada no mesmo terreno. Sua construção tinha grande importância simbólica para esses colonos, pois representava a ascensão social e econômica dos imigrantes italianos. Então, em 1953, a construtora Otto Meinberg deu início aos planos de construção do prédio, escolhendo o arquiteto Franz Heep para participar da elaboração do projeto.
As obras do Edifício Itália iniciaram no começo da década de 60, sendo concluídas cerca de cinco anos depois. A maior dificuldade foi elaborar uma fundação que evitasse a inundação do prédio construído sobre um lençol freático. Duas bombas expulsam a água 24 horas por dia e a construção ainda é protegida por um parede com 60 cm de concreto que fica a 8 metros abaixo do nível da rua. Toda essa estrutura atrasou a obra em cerca de um ano e meio.
Segundo consta nos documentos guardados pela administração, a construção do Edifício Itália somente foi permitida pelas autoridades municipais devido a sua localização em um dos pontos focais da cidade, na esquina das avenidas Ipiranga e São Luís.
O Edifício Itália tornou-se um marco na cidade não apenas pelo seu tamanho, mas também por seu famoso restaurante Terraço Itália, situado na cobertura, o que permite uma vista espetacular de 360 graus da cidade de São Paulo. Em dois pequenos anexos externos encontra-se o antigo clube Circolo Italiano e os demais andares são ocupados praticamente por escritórios.
O Edifício Itália surpreende a todos que passam pelo local, seja pela extrema altura ou por sua beleza arquitetônica. É uma construção protegida pelo Patrimônio Histórico por ser um dos maiores exemplos da arquitetura verticalizada brasileira.
Além do Circolo Italiano e do Restaurante, o Edifício Itália abriga o Teatro Itália e diversas lojas nos andares inferiores. No total são 52 mil metros quadrados de área construída, sendo que a partir do quinto andar estão escritórios das mais variadas empresas.
A visitação ao terraço do Edifício Itália é gratuita e independente do Restaurante.