segunda-feira, 10 de setembro de 2018

ROSH HASHANAH - A Celebração do Ano Novo Judaico



Esta é uma das mais importantes festas do mundo judaico.
Rosh Hashaná (literalmente “cabeça do ano”) é o nome dado ao ano-novo no judaísmo. Dentro da tradição rabínica, o Rosh Hashaná ocorre no primeiro dia do mês de Tishrei. Tishrei é o primeiro mês do ano no calendário judaico rabínico e sétimo mês no calendário bíblico. A Torá refere-se a este dia como Yom ha-Zikkaron (o dia da lembrança) ou Yom Teruah (o Dia da Aclamação, Levítico 23:24).
Este é o início de um período de introspecção e meditação de dez dias (Yamim Noraim). Este período culminará no Yom Kipur, um período no qual se crê o Criador julga os homens.
A comemoração é efetuada durante os dois primeiros dias de Tishrei. A celebração começa ao anoitecer na vespéra com o toque do shofar. É costume se comer certos alimentos representativos durante o Rosh Hashaná como maçãs com mel e bolo de mel para temos um ano doce.
Durante a tarde do primeiro dia se realiza o tashlich, um costume de recitar-se certas preces e jogar pedras ou pedaços de pão na água como um símbolo da eliminação dos pecados.
Segundo a tradição judaica, neste dia Deus teria completado sua obra criando o Homem e a Mulher. Neste mesmo dia, todos os exércitos dos céus teria coroado a Adonai como o seu REI. A coroação seria o motivo pelo qual devem ser utilizados o toque de trombetas e as vestimentas nobres.
Segundo o calendário hebraico este ano entraremos em 5779.

Símbolos e Costumes de Rosh Hashaná

Mergulhar no mel uma fatia de chalá redonda e uma de maçã; saborear tâmaras, doce de abóbora ou cenouras adocicadas são atos que fazem parte do ritual que precede a refeição festiva, nas duas noites de Rosh Hashaná.
Em Rosh Hashaná se deseja as pessoas Shaná Tová, que significa “Um bom ano” ou Shaná Tová Umetuka, que significa “Um ano bom e doce”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário